Chocolatte da Vila Maria

Lançamento: Herança Popular outubro e novembro em São Paulo!
IN ENGLISH
 

Compre seu CD já!

Herança Popular
  • Herança Popular
In cart Not available Out of stock
C$12.00

O Novo CD do Chocolatte da Vila Maria... Herança Popular, seu terceiro CD vem acompanhado por grandes ritmistas e apresenta composições de Chapinha do Samba da Vela, Toinho Melodia, Murilão da Boca do Mato, Magnu Souza, Maurilio de Oliveira e uma composição inédita com Almir Guineto.

Chocolatte's newest release represents some of Brazil's greatest samba de raiz today, with compositions by Chapinha do Samba da Vela, Toinho Melodia, Murilão da Boca do Mato, Magnu Souza, Maurilio de Oliveira, and Almir Guineto

Read more… close

Chocolatte da Vila Maria

Criado em roda de samba e choro por influência do seu pai, em um bar na Vila Maria começou a tocar bateria e percussão aos 8 anos de idade. Assim como baterista e ritmista, acompanhou grandes sambistas, o conhecimento imprescindível da noite paulistana, e seu amor pela cuica, instrumento que também domina com grande prazer. Tocando com os grandes sambistas do gênero ele também gravou o primeiro disco, de percussão, sendo um tremendo exemplo de ritmo contemporâneo brasileiro.


 
Após 30 anos depois da experiência, Chocolatte lança o seu 2º CD “Chocolatte Canta Partido Alto”, energético, estimulante e baiano como o cacau, Chocolatte (repetindo o mestre Wilson das Neves) primeiro escreveu seu nome com baquetas, no couro e nos pratos de sua suingadíssima bateria. Tocou com Quinteto em Branco e Preto, Samba da Vela, Berço do Samba de São Mateus, Beth Carvalho, Dona Ivone Lara, Almir Guineto e muitos outros. A partir desta base Chocolatte foi buscar na memória de um tempo que nem viveu - pois certamente era muito menino - o clima e a intenção deste seu primeiro CD como cantor e compositor. Disso tudo nasceu um registro que, acima de tudo é uma demonstração de que o Samba, com letra maiúscula, é um comportamento e uma cultura. Feito de talento, sim, mas também de amizade, solidariedade e coração pulsante. Corações batendo no ritmo do bombo, da caixa, dos tan tans, dos pratos, dos "high-hats", e da percussão geral, Chocolatte e seus amigos estão aqui. Como um Partido, no bom sentido, é claro. Em cinco, dez, cem, mil. Na mais absoluta "fidelidade partidária". Texto escrito por Nei Lopes.
 
 
  
 


 

CD LANÇAMENTO: HERANÇA POPULAR